fbpx

Não deixe de poder ser quem você quer ser

 

 

Ouse vem do verbo ousar. O mesmo que: arrisque, arroje, tente, decida, atreva, intente, empreenda. Ter a ousadia (arrojo, coragem) de fazer alguma coisa; arriscar-se sem medos; atrever-se.

 

Você, assim como eu já se pegou duvidando da sua própria capacidade, ou não merecedora de algo, ou não preparada o suficiente? Infelizmente, você não está sozinha! A maioria das mulheres passa por isso, mas não precisa ser assim.

 

Ouse Crescer

Insegurança e autocrítica são atitudes confortáveis e conservadoras que não condizem com o tamanho dos seus sonhos e ambições.

 

Muitas vezes, usamos desculpas que impedem a nossa evolução e o nosso crescimento e como silenciar a voz interior que faz você duvidar de si mesmo, se livrando do perfeccionismo.

 

Como Vencer o Medo

 

Segundo o antigo testamento, a palavra pachad é o medo imaginado. Já a palavra yirah é quando temos um momento de muita energia e habitamos um espaço maior do que o normal.

Ousar crescer significa, em grande parte, mudar de pachad para yirah. Ou seja, quando você estiver experimentado a projeção de um medo, conscientemente faça uma pausa e mude o seu estado de consciência.

O seu propósito deve ser o de reduzir a influência de medos pachad e, ao mesmo tempo, buscar viver mais experiências yirah.

O seu trabalho é reconhecer os momentos de energia e recebê-los como se apresentam e aquietar e administrar os medos imaginados.

 

Pare de se Esconder e Salte

 

mulher celebrando na praia
Que Caminho você escolhe percorrer?

Em “Ouse Crescer”, Tara Mohr nos fala que o autoconhecimento é o caminho para libertar seus talentos, seu potencial e seu poder de fazer a diferença, desmascarando todas as desculpas que estão impedindo sua evolução.

As mulheres brilhantes frequentemente adiam o fato de ousar crescer se escondendo de algumas formas. Elas projetam no papel, ao invés de conversarem com as pessoas envolvidas. Elas adotam ideias falsas sobre a ordem em que as coisas devem ser feitas

Elas coletam e organizam ideias de outras pessoas a respeito de tópicos pelas quais são apaixonadas, ao invés de compartilharem as próprias ideias. Elas criam algo complexo ou abstrato demais ao mesmo tempo em que omitem as histórias pessoais.

Elas buscam mais treinamento e certificações através da educação formal numa tentativa de se convencerem de que precisam de um diploma para ousarem crescer. Estudam, estudam, mas pouco executam.

Em meio a todos esses projetos grandiosos, ironicamente, as mulheres têm muito espaço para enterrarem suas ideias e vozes. O antídoto para driblar estas táticas é dar o salto, ou seja, se jogar com tudo. O salto te leva ousar a crescer agora mesmo.

O salto envolve uma pergunta: o que você quer aprender ao dar o salto? Os benefícios estratégicos e psicológicos do salto são imensos.

 

Libertação da culpa

 

Temos uma voz que diz, “isso não é para mim”, a voz interna que diz à mulher que ela não está pronta para liderar, não é suficientemente especializada, não é boa o bastante nisso ou naquilo. É a voz da dúvida em relação a si mesma.

Todas temos esta voz interior, acontece que ela não é a nossa essência. Nossa essência é constituída por nossos talentos, aspirações e pelo desejo de expressar e de receber amor no mundo, à sua maneira, com singularidade.

 

Liberte-se

 

O objetivo não é se livrar da voz interior. É aprender a ouvir suas ideias e suas dúvidas insensatas, questioná-las com base na realidade e não permitir que determinem suas ações.

A voz interior está preocupada em mantê-la segura. Não quer saber se você se sente realizada no percurso. Se lhe der ouvidos, assumirá menos riscos de um certo tipo, mas não fará a contribuição que deseja e de que é capaz.

O método básico para lidar com a voz interior é o seguinte: identifique-a quando aparecer e nomeie-a pelo que ela é.

 

Esteja preparada para facilitar

 

A probabilidade de alcançarmos nossos objetivos é maior quando somos motivadas por um espírito de cuidar de nós mesmas em vez de pela culpa ou a autocrítica.

O autoconhecimento nos leva a entender melhor quais são as nossas reais necessidades e como devemos agir diante das adversidades do dia a dia.

Não existe essa tal de autodisciplina! O que parece autodisciplina é, na verdade, uma ampla gama de motivações que resultam em uma ação consistente. Criamos uma ação sustentável não por meio da autodisciplina nem da força de vontade, mas recorrendo a uma variedade de fontes de apoio, como:

  • Objetivos por satisfação e não obrigação;
  • Estabelecer parcerias e redes de apoio;
  • Estabelecer planos levando em consideração pontos fortes e recursos disponíveis;
  • Estabelecer rotinas que reforcem os comportamentos almejados em “modo padrão”;
  • Ao empacar, investigar com cautela o que está acontecendo.

 

Fuja da Mulher Maravilha

 

Você não precisa ser tudo, nem muito menos, ter tudo, você precisa apenas entender o que te faz bem.

Você não precisa declarar-se uma agente de mudança. Quando uma mulher de fato ousa crescer, de acordo com o que entende por ousar crescer, ela se converte naturalmente em agente de mudança.

Liberte-se, ouse, encontre o seu potencial e faça a diferença na sua vida e na vida das pessoas. Lembre-se, você pode mais.

Eu acredito que eu posso te ajudar a crescer também, mas eu preciso primeiro saber se você está no momento certo.

Tudo o que você precisa fazer é agendar uma sessão estratégica gratuita, onde eu vou te ajudar a mapear um plano de ação para gerar resultados, topa?

 

O que você está esperando?? Agende a sua sessão agora!

 

Te vejo em breve!!!

🤩🤩😎😎🚀🚀🚀

 

Tais F. Gaspar de Araújo

Master Coach, Consultora e Treinadora

Empreenda Consultoria

 

Quem sou eu:

 

Apaixonada pelo espírito empreendedor que contribui para o desenvolvimento do país.

 

Em 2005, Taís fundou a Empreenda Consultoria, empresa especializada em Consultoria e treinamento empresarial, realizando trabalhos nas áreas de Desenvolvimento Organizacional, Desenvolvimento Humano, Coaching, Planejamento Empresarial e Elaboração de Projetos de financiamento.

 

Master Coach, Consultora e treinadora de líderes empreendedores.

 

Formada em Administração e especialista em Gestão Estratégica e qualidade.

 

 

 

 

 

 

Iniciar conversa
Entre em contato conosco
Olá,
como posso te ajudar?