fbpx
Dores e Delícias

Uma das maiores dores relacionadas ao empreendedorismo feminino está o medo da crítica. Confira neste artigo,  8 dicas para potencializar seu negócio vivendo as dores e as delícias dos Negócios Femininos.

Pertencer X Caber

 

Por que é tão difícil encontrar o equilíbrio entre duas palavras tão simples com significados tão diferentes?

 

Segundo o Dicionário Informal, Pertencer: Verbo, V.I. Que é de posse de alguém, propriedade de alguma pessoa. Caber: Verbo, Poder estar dentro, Poder entrar, Ser compatível.

 

E o que isso tem a ver com negócios?

 

TUDO!!!

 

Acontece que somos pessoas únicas no mundo, com necessidades e interesses distintos, mas para nos mantermos “bem” com o meio em que vivemos estamos esquecendo do conceito de “pertencer” para “caber”, ou seja, se encaixar num lugar que não é nosso.

 

Dores e Delícias em Negócios femininos

 

O crescimento das iniciativas empreendedoras, por parte das Mulheres, tem sido significativo no Brasil. Cada vez mais mulheres abrem empresas e assumem as dores e as alegrias de empreender!

Os motivos são variados, necessidade, oportunidade, inspiração, maternidade… Independentemente do motivo, e dos desafios elas estão liderando o empreendedorismo no Brasil.

Conversando com algumas Mulheres Empreendedoras é possível perceber algo em comum entre elas, a vontade de fazer acontecer, de sentir-se plena e realizada é um dos motivos que as fazem continuar!

Não pense que neste perfil empreendedor, não existem os sentimentos de medo, angústia, fragilidade, dúvidas, inseguranças, autocrítica… Eles existem, mas prevalece a vontade de fazer acontecer!

Pare de Caber e Comece a pertencer

 

Uma das maiores dores relacionadas ao empreendedorismo feminino está o medo da crítica, de falhar, de não dar conta.

Muitas vezes esse medo surge pela necessidade de algumas mulheres de se encaixarem em padrões exigidos por uma sociedade machista.

Quando se perde a essência de vida para tentar caber em exigências que não lhes agrada, perde-se também o rumo, a paixão e a vontade de fazer e daí vêm a procrastinação, a insegurança e todos os outros problemas que travam os seus resultados.

Fuja do que te segura e se agarre ao que te levanta.

Veja 8 dicas para potencializar os resultados do seu negócio.

  1. Abrace suas conquistas com orgulho

Orgulhe-se do seu trabalho e de suas criações, acredite no que está fazendo e tente sempre que possível se apresentar ao mundo sem receio.

Esteja preparada, pois vão surgir pessoas que duvidarão da sua capacidade, muitas vezes oferecendo críticas duras, que podem fazer qualquer um questionar se realmente está fazendo a coisa certa.

 

Não deixe de divulgar e comemorar suas evoluções e conquistas por receio do que possam dizer ou pensar.

 

Nunca permita que façam você se sentir uma farsa ou alguém que não pertence a posição que ocupa. Lembre-se de tudo que enfrentou para chegar aonde chegou.

  1. Minimize pessoas negativas

Você encontrará muitos céticos e pessoas que não têm o menor interesse de entender a sua visão. Tente evitar essas pessoas ou pelo menos qualquer conversa de trabalho com profissionais que não a inspirem a seguir em frente.

 

  1. Não tenha vergonha de pedir o que você precisa

Ao tentar adentrar o mundo dos negócios, é comum chegar em uma fase na qual talvez não dê conta de algumas ferramentas necessárias para seguir em frente, sejam elas recursos financeiros ou técnicos.

Ao detectar o que você precisa, vá à luta, pergunte a todos. Muitas vezes, são as pessoas mais improváveis ​​que oferecem a visão que se procura. Dê uma olhada no mercado. Acesse redes sociais como o LinkedIn — é por meio dessa plataforma, inclusive, que os profissionais costumam compartilhar suas dores e delícias diárias.

 

Procure mentores que te apoiem no caminho. O trabalho de um mentor é apontar atalhos que te façam chegar mais rápido ao destino sem perder a qualidade e originalidade do processo.

 

  1. Não tenha medo de liderar

Não tenha receio de ser “ponta firme”, exigir respeito e postura dos profissionais que trabalham com e para você. Se um colaborador ou parceiro não está pronto para se sentar numa mesa com mulheres empreendedoras e conversar de igual para igual, isso será um problema.

  • Seja pulso firme e imponha-se como líder.
  • Se notar que sua fala é interrompida com frequência, continue seu discurso até a conclusão, quando será dada a oportunidade de outra pessoa participar.
  • Seja voz ativa nas reuniões e assine os contratos. Garanta que todas as decisões passem por você.
  • Pondere se é realmente necessário no contexto da situação, mas não hesite em “dar uma carteirada” e lembrar em bom tom quem está no comando.
  • Lembre-se que naquele ambiente a sua relação não é de amizade e sim de parceria e colaboração de todos para o sucesso do negócio.

 

  1. Errar é completamente normal

Nenhum ser humano faz apenas as escolhas certas, executa trabalhos sem falhas e passa pela vida sem cometer um único erro. A verdade é que, a cada erro, aprendemos e nos tornamos melhores e mais fortes.

  • Não foque na possibilidade de errar, foque sempre em aprender, seja qual for a situação.
  • Sempre que tiver dúvidas sobre o futuro, lembre-se do motivo pelo qual você começou.
  • Deixe para se preocupar com as dificuldades quando elas surgirem, lide com uma coisa de cada vez

 

  1. Invista em Network

Se você deseja construir algo grande e bem-sucedido, não poderá fazê-lo sozinha: é preciso superar a timidez e o medo da rejeição na hora de fazer networking como se isso fizesse parte do seu trabalho. A quantidade de colaboração e conexões que podem ser estabelecidas por uma rede vasta, porém próxima, é inestimável.

 

  1. Organize seu tempo

Para não sobrecarregar sua saúde, é importantíssimo saber organizar o seu tempo de forma saudável e estratégica, principalmente se você faz jornada de trabalho dupla ao administrar a empresa e a casa. Nesse caso, as mulheres empreendedoras acabam trabalhando em dobro.

Softwares e aplicativos de gestão de tempo, além de uma agenda bem organizada, podem fazer milagres para que as duas vidas não se misturem, a ponto de se tornar um problema.

E, claro, para garantir que você não se esqueça de reservar aquele tempo exclusivo para cuidar de si mesma, da sua saúde corporal e mental!

  1. Tenha um hobby

Adquirir um estilo de vida pelo qual você tenha paixão pode ser a maneira mais prática e agradável de separar um tempo para cuidar de si mesma, relaxar e descansar.

Mais do que forçar-se a praticar uma atividade física por motivos de saúde, é encontrar uma grande paixão fora do trabalho e da família, realizar uma vocação pessoal. É algo que você terá prazer em praticar com frequência, e que será somente seu.

O importante é encontrar uma atividade que você goste e que exija um nível de disciplina, tornando-se recorrente na sua rotina.

 

E aí? Pronta para crescer??? 

Gostou deste artigo? Curta, compartilha com os amigos!!!

Quer saber mais sobre como se desenvolver, me chama no WhatsApp!!!

 

O conhecimento que eu compartilho aqui moldou minha própria jornada para criar a vida que eu tenho hoje e como já impactei centenas de pessoas.

 

E poderia fazer o mesmo por você.

 

ADORARIA te entrevistar.

 

Estou desenvolvendo um novo projeto para Empresárias e Empreendedoras que desejam ser um empresário, empreendedor e líder de sucesso, construir uma empresa próspera, um negócio lucrativo e uma equipe produtiva sem sacrificar sua liberdade e ter mais tempo para cuidar da sua própria vida e família.

 

E gostaria de te fazer algumas perguntas, uma rápida entrevista de 5-10 min pelo WhatsApp, certo? Se você puder, diga ”SIM” no link ou direto no meu WhatsApp:  (73) 9962-2536 e combinamos o melhor horário, OK?!

 

 

Até mais!

 

Tais F. Gaspar de Araújo

Mentora, Consultora e Treinadora

Empreenda Consultoria

Iniciar conversa
Entre em contato conosco
Olá,
como posso te ajudar?