fbpx

 

A eficiência da gestão de pessoas consiste no conjunto de estratégias adotadas pelas empresas para desenvolver o seu capital humano. Como já foi dito anteriormente, as pessoas são o principal ativo de qualquer organização. As ações de recursos humanos para serem completamente oficinas tem base em três pontos: atração dos melhores profissionais, seu desenvolvimento e motivação para empenhar suas funções E manutenção da equipe correta.

 

O que é gestão de pessoas?

 

Nas gestões modernas, cada vez mais, as empresas encaram seu time como fatores críticos de sucesso. Nesse contexto, a gestão de pessoas passa a ser uma força impacto no desempenho de qualquer organização que queira alcançar diferencial competitivo.

 

Fazer uma boa gestão de pessoas não se trata apenas de deixar seus colaboradores satisfeitos e motivados, mas de criar uma estratégia completo, envolvendo toda a organização na busca do desenvolvimento, capacitação e humanização de quem faz parte dela. Esta busca se baseia em cinco pilares essenciais:

 

  1. Motivação
  2. Processo de comunicação
  3. Trabalho em equipe
  4. Conhecimento e competência
  5. Treinamento

 

Sabemos que cada empresa e cada contexto são diferentes, e precisam de um tratamento diferente. Equipes bem geridas e motivadas podem levar o resultado da sua empresa a outro nível. Para ter uma relação melhor com equipe, não deixe de entender os cinco pilares da gestão de pessoas.

 

1 Pilar: Motivação

 

Esse, sem dúvida, é o ponto de partida e o combustível para os outros pilares, pois tudo na empresa depende do comprometimento individual de cada integrante do time. Um colaborador desmotivado rende muito menos do que é capaz e está sempre pronto para abandonar o barco na primeira oportunidade possível. Esse não é o perfil que as empresas buscam atualmente, ao contrário disso, automotivação é um dos pontos essenciais nas avaliações de processos seletivos.

 

Entender o que motiva uma pessoa a fazer parte de um time, é um dos principais pontos que a organização precisaentender. Os motivos de cada um são variados, podem estar ligados a incentivos financeiros, ao propósito da empresa em si, ao desafio proporcionado ao time, um plano de carreira consistente, entre outros.

 

Enfim, existe uma infinidade de formas de motivação e cada pessoa reage de maneira diferente a cada um deles. Como já foi dito, é necessário antes de tudo entender o que a sua empresa ou área possui de bom e focar nesse aspecto ao contratar.

 

Dicas práticas de como adotar a motivação como base no desenvolvimento de pessoas da sua organização:

 

  • Entenda as necessidades da sua equipe– sabemos que existe uma hierarquia de necessidades dos seres humanos, conhecida como a pirâmide de Marcel. Não tem como uma pessoa focar uma meta, quando uma de suas necessidades mais básicas ou pessoais ou profissionais não estão sendo cumpridos.

 

  • Tenha metas da empresa, das áreas do negócio e individuais:Quando o endivido sabe qual é o seu objetivo, o que precisa fazer e o que tem que buscar, ele fica mais motivado a correr atrás disso. E se for propor metas, que sejam desafiadoras para tirar seus colaboradores da zona de Conforto.

 

  • Tem um processo seletivo transparente e exigente:os processos seletivos precisam ser O mais detalhe está se possível, quando você coloca pessoas alinhadas com seus valores que entender todo o funcionamento e dificuldades que existem, a chance de manter luz motivados é muito maior.

 

  • Adote a Meritocracia: O indivíduo que atinge resultados planejados precisa ser reconhecido por isso, independente da sua posição ou carro. Isso não precisa ser feito exclusivamente com bônus financeiro, mas esse também não pode ser esquecido, isso pode ser feito com promoções, prêmios como viagens ou ingressos, jantares ou até treinamentos exclusivos.

 

  • Abordagem individual e feedback periódicos:as pessoas são diferentes e devem ser tratadas de forma diferente. Dar feedback periódicos, pode ajudar muito a corrigir comportamentos divergentes, motivar alguém que poderia estar desalinhado e garantir uma excelente gestão de pessoas em qualquer nível hierárquico. Isso pode ser feito com reuniões implantação de rotinas de reuniões periódicas com a equipe.

 

 

2º Pilar: Processo de Comunicação

 

Para que tudo dentro da empresa realmente aconteça como tem que acontecer, uma boa comunicação é fundamental. Não só entre gestores e colaboradores ou entre colaboradores do mesmo setor, mas uma comunicação de forma integrada, que faça com que a informação esteja sempre disponível quando for necessário. Os gestores devem incentivar o diálogo, quebrando as barreiras hierárquicas e trabalhando em conjunto com todo time, para assim atingir o objetivo em comum.

 

Dicas de como ter um processo de comunicação prático na gestão de sua empresa

 

  • Adote um software de comunicação interna:não passado não tão distante, essa troca de informação era feita por e-mails, O que pode ser um tanto lento e pouco prático. Hoje em dia, existem vários softwares que vão além de uma ferramenta que ajudará nas próximas dicas.

 

  • Método da comunicação imediata:saber que tipo de ferramenta utilizar e o que deve ser priorizar ado incentivado de acordo com cada necessidade essencial na comunicação eficiente. Decidir se utilizar o e-mail, WhatsApp ou uma simples ligação por telefone pode transformar o processo de comunicação.

 

  • Agilidade nas respostas:é preciso estabelecer uma rotina de que nenhum e-mail ou chat pode ficar mais de uma hora sem resposta. Essa prática vai agilizar o processo de comunicação entre os colaboradoresE em toda organização.

 

  • Evite gargalos:evite que o fluxo do processo seja interrompido por pessoas desnecessárias, se o colaborador a tiver que falar com o gerente do projeto que comunica este item para o colaborador B, evite este gargalo. Se for possível, deixe o colaborador a diretamente em contato com o colaborador B.

 

3º Pilar: Trabalho em equipe

 

Qualquer organização é um organismo único com objetivo comum para todos, por isso não faz sentido cada setor ou cada equipe tem seus próprios objetivos individuais se eles não possuem ligação com os demais. Só tendo uma visão sistêmica e sabendo a importância do que todos estão realizando é que os funcionários sentem-se relevantes dentro de um ambiente organizacional.

 

Por isso, muito mais do que aquele papo de ter um ambiente legal, que também é importante, É essencial investir em iniciativas que fazem com que o trabalho em equipe seja natural e orgânico ao trabalho em si da sua empresa ou área.

 

Como melhorar o trabalho aqui:

 

  • Crie grupos de trabalho: os grupos de trabalho funcionam com projetos específicos, possuem início meio e fim. Bem como um objetivo claro e específico que deve ser alcançado.

 

  • Utilize um software para compartilhamento de tarefas: como já foi dito anteriormente, quanto mais natural fora interação entre os colaboradores, mais prático vai ser gerar um trabalho em aqui pe. Uma forma de fazer isso com eficiência é utilizando um software de gerenciamento de tarefas, como prelo ou Evernote.

 

  • Reuniões de acompanhamento: o trabalho em equipe fica muito melhor quando todos estão no mesmo patamar. Ao fazer reuniões periódicas, de no máximo 30 minutos a cada semana, conseguimos gerar uma sinergia muito grande entre as atividades em comum de equipes diferentes.

 

  • Momentos de diversão: nada melhor para um bom ambiente de trabalho, do que momentos em que você não fala de trabalho. Para isso, estimule momento de interação fora do ambiente de trabalho, como almoços Happy aula ou jantar.

 

 

4º Pilar: Conhecimento e Competência

 

Por melhor que seja sistema, o acesso não será possível caso os colaboradores não possuo conhecimento e competência para executar a suas tarefas. Sendo assim, é imprescindível que seja feito um planejamento que busque montar a melhor equipe possível e criar um ambiente em que todos consigam crescer juntos. Esse processo passa desde o processo seletivo a construção da cultura organizacional e valores fortes.

 

Para que isso aconteça da melhor forma, o ideal é manter as práticas de gestão por competências, identificando os pontos fortes oportunidade melhoria dos profissionais e de feedback, que permite estar sempre dando retorno sobre cada ação dos membros da equipe.

 

Como aprimorar a gestão por competências:

 

  • Pratique avaliação de desempenho baseado em competências: para isso, É importante definir quais são as principais competências da sua organização e das áreas específicas, estipule pesos para competências mais importantes e realizar avaliação periodicamente, pelo menos a cada seis meses.

 

  • Realismo processo seletivo rigoroso transparente: uma das piores coisas que pode acontecer na sua empresa e você colocar pessoas na sua equipe que não estejam alinhados com os seus valores ou com que a empresa faz no dia dia. Por isso, seja mais sincero possível em relação a salário, horários, possíveis horas extras e nível de pressão. Não se contente em contratar pessoas mais ou menos, só contrate quem seja bom.

 

5º Pilar – Treinamento e Desenvolvimento

 

Quem fica parado acaba ficando para trás, isso vale não somente na gestão da empresa, mas para o desenvolvimento de cada componente do grupo. O treinamento e a busca pelo desenvolvimento devem ser constantes, partindo de todos conjuntamente na empresa.

 

O mais importante, entretanto, é atingir um ponto de equilíbrio onde a empresa e o profissional estejam satisfeitos com o resultado da troca. Dessa forma, todos ganho e tem a oportunidade de crescer juntos, em uma parceria que tem tudo para dicas de como implante treinamento e desenvolvimento:

 

  • Identificar treinamentos mais deseja: utilizando uma simples pesquisa entre os funcionários, é possível identificar o que eles mais gostam de aprender ou se aprimorar podem ser cursos técnicos ou comportamentais, além disso, você consegue perceber quando tem gente da sua equipe necessitando de um novo treinamento.

 

  • Realize um processo contínuo de treinamento desenvolvimento: identificando o que é mais importante, vale a pena organizar treinamento de tempos em tempos. Para isso utilize um planejamento de treinamento. Lembre-se que os treinamentos podem ser feitos por alguém da equipe, por algum parceiro ou até mesmo contratar uma empresa para dar um treinamento in Company.

 

Fortaleça a Gestão de Pessoas do seu negócio. Lembre-se que as pessoas são o principal ativo de qualquer empreendimento. Colaborador feliz é sinônimo de cliente satisfeito e cliente satisfeito é igual a melhores resultados.

 

 

Gostou deste artigo? Curta, Compartilha com os amigos!!!

 

Quer saber mais sobre como se desenvolver, me chama no Whats!!!

 

Até mais!

 

Tais F. Gaspar de Araújo

Master Coach, Consultora e Treinadora

Empreenda Consultoria

Iniciar conversa
Entre em contato conosco
Olá,
como posso te ajudar?